COVID-19:

O que muda nos ensaios fotográficos?

Desde o dia 18 de março de 2020, por conta da pandemia, as fronteiras do Chile foram fechadas aos turistas. Como em todo o mundo, o setor de turismo foi um dos mais impactados pela COVID-19.

Mas, a boa notícia é que, a partir das 0h do dia 23 de novembro, as fronteiras aéreas foram reabertas. O país deseja retomar aos poucos a economia e essa é uma das medidas do Plano Passo a Passo, divulgado pelo Ministério da Saúde do Chile.

Quais são os requisitos para entrar no Chile como turista?

EXAME PCR Negativo

Feito em até 48h anteriores ao seu voo e em laboratório certificado.

Formulário "Declaración Jurada de Pasajeros"

Emitida online em www.c19.cl em até 48h antes do seu voo.

Seguro Médico Viagem
Valor de cobertura mínimo de USD $ 30.000 (dólares).

Veja o documento oficial aqui.

INFORMAÇÃO IMPORTANTE

Os turistas que cheguem ao Chile de 23/11/2020 a 07/12/2020 vindos de países onde há transmissão local (entre eles o Brasil), de acordo com a listagem semanal da OMS (Weekly Epidemiological Update), devem permanecer em quarentena obrigatória ao chegar ao Chile. O turista deve ficar no hotel ou na residência que vai recebê-lo por 15 dias mantendo o distanciamento social. As autoridades de saúde chilenas farão a conferência do seguimento da quarentena.

 

Após o dia 08 de dezembro, os turistas estão dispensados da quarentena obrigatória. Também a partir dessa data, os turistas que cheguem ao país poderão ser submetidos a um exame PCR realizado no próprio aeroporto, de forma aleatória. Ou seja, se você vem do Brasil com o teste PCR negativo, saiba que mesmo assim uma autoridade sanitária chilena pode pedir que você refaça o teste após o desembarque. O Governo do Chile não informou quais os critérios de escolha dos passageiros que vão refazer o teste e nem até quando durará essa medida adicional.

O que muda nos nossos ensaios?

O Chile mantém o Plano Passo a Passo em execução em todos o território nacional. Se trata de um plano de reabertura das atividades econômicas. Um retorno gradativo para que não aconteça uma segunda onda da pandemia.

 

Tanto nos locais públicos, quanto nos recintos comerciais e nos transportes públicos o uso da máscara é obrigatório. Nas vinícolas, cafés e parques, a temperatura dos visitantes é monitorada. Então, para manter a nossa segurança enquanto fazemos fotos, estabelecemos nosso procotolo particular.

O uso da máscara é obrigatório em todos os momentos da sessão. A retirada só é permitida em ambientes abertos e durante os cliques.

Álcool em gel será disponibilizado para os participantes da sessão sempre que desejarem higienizar as mãos. Em ambientes fechados (cafés, museus ou vinícolas) o álcool também estará à disposição.

Manteremos o distanciamento físico durante toda a sessão de fotos. Mas isso não impactará na qualidade do seu ensaio fotográfico. Vou te dirigir, como sempre fiz, em busca do melhor clique!

© 2020 por Make.C Marketing